Yoga. Espiritualidade. Corpo.
Header

A arrogância

setembro 15th, 2011 | Posted by Ana Toledo in Sem categoria

A arrogância

Atitude daqueles que não são humildes. Daqueles que não ouvem. Daqueles com os quais um diálogo não é possível. Daqueles que se acham donos da verdade.

Arrogância associada à vaidade é a soberba, um dos Sete Pecados Capitais.

Arrogância material. Arrogância intelectual. Arrogância espiritual.

O que fazer diante da arrogância? Como me comportar?

Se eu me aferrar às minhas ideias em reação contrária, corro o risco de me tornar também um membro desse grupo tão populoso.

Muito, muito difícil…

Humildade sem inferioridade, sem fraqueza seria o oposto. Mas como ser virtuosamente humilde sem se conhecer? A humildade pressupõe que se conheça exatamente aquilo que se pode e que não se pode. Se você se coloca abaixo daquilo que se pode de fato, se torna impotência. Acima, arrogância.

Assim, ao me deparar com a arrogância, acho que só me resta ter compaixão pela falta de auto-conhecimento de quem a carrega e trabalhar internamente para me ajustar a cada instante, percebendo o ponto onde estou e aquilo de que sou capaz…na exata medida da humildade.

Svadhyaya

A Humildade, como todas as demais virtudes, só é possível através de Svadhyaya, um dos yamas definidos por Patanjali, que significa auto-estudo e auto-observação.

Portanto, para qualquer desejo de autotranscedência, de transformação, de conhecimento da verdade, como já aconselhava o filósofo grego Sócrates: “Conhece-te a ti mesmo“!

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.