Yoga. Espiritualidade. Corpo.
Header

Uma aula com Geeta Iyengar

novembro 20th, 2014 | Posted by Ana C Toledo in Sem categoria
Geeta Iyengar

Geeta Iyengar

 

Todos com quem conversamos sempre dizem que demos muita sorte. Geeta Iyengar não dava aulas há vários meses, pelo que entendi, por causa dos cuidados que Guruji vinha exigindo.

Foi um acontecimento quando, na primeira segunda-feira deste mês, arrumaram o palco para recebê-la. Ouvi um rápido burburinho na sala, um indiano se virou surpreso e me disse, mal contendo sua alegria: “Acho que Geetaji vai dar a aula de hoje!”. Estava certo.

Durante as três últimas semanas, temos tido a felicidade de sermos guiados por ela três vezes na semana: duas aulas tradicionais e uma de pranayama.

É visível que sua energia vem crescendo desde o encontro inicial. Sua voz, sua postura, seu andar se fortificam a cada dia. Seu ensino e ritmo têm ficado mais dinâmicos e enérgicos, adjetivos que a qualificam muito bem. Nada escapa a seu olhar. Nadinha.

Geetaji vem nos presenteando com comentários, vivências e sequências incríveis. Na última aula, por exemplo, durante a execução de dhanurasana, percebeu que uma aluna, lá no fim da sala, não estava fazendo a postura. Perguntou o porquê e a aluna respondeu que havia machucado o joelho e completou dizendo : “Não fiz porque eu estou morrendo de medo.” Então, Geetaji disse: “Excelente resposta!” e nos brindou com uma análise tão clara sobre abhinivesa, nosso medo, como ele nos impede de seguir adiante…posso dizer que a aluna acabou fazendo a postura, confiante nas palavras de Geetaji.

Durante os 10 primeiros dias de dezembro, Geeta Iyengar terá um grande desafio pela frente. Em comemoração a seu aniversário de 70 anos, um imenso encontro está sendo organizado aqui em Puna. Ouvi dizer que são aguardadas aproximadamente 2000 pessoas vindas de todo o mundo. Serão 10 dias memoráveis que espero poder acompanhar um pouquinho pelas redes sociais e, depois, pelo DVD que será comercializado. No meu último dia aqui, verei todos chegando para a inscrição no Instituto e tiro algumas fotos do movimento para compartilhar com vocês.

P.S.: A foto que ilustra este artigo não é atual, mas a escolhi porque esse jeitinho da mão, que lhe é peculiar, vai ficar aqui registrado, impedindo que se perca na minha memória.

 

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

6 Responses